Intel anuncia colaboração em projetos de realidade virtual

A computação pessoal está evoluindo radicalmente para proporcionar experiências incríveis de realidade virtual (VR, na sigla em inglês), altamente sensorial e imersiva. As oportunidades para a criação de conteúdo VR estão prontas para a inovação. Como parte do compromisso da Intel para transformar a área do entretenimento, por meio das tecnologias de realidade virtual, a companhia marcou presença na VRLA (Virtual Reality Los Angeles), realizada no último fim de semana no Los Angeles Convention Center.

O gerente geral da Intel para realidade virtual e jogos, Frank Soqui, palestrou no evento reforçando o compromisso da Intel– de equipar as melhores experiências do segmento PC VR – com a comunidade de criadores conforme às iniciativas da companhia para o futuro com a realidade combinada.

Soqui também revelou que a Intel está colaborando em projetos de conteúdo VR. A empresa equipará a cineasta Eliza McNitt no primeiro episódio de seu novo projeto, Pale Blue Dot, uma exploração virtual do universo inspirada pela icônica imagem do nome do filme. A experiência VR dá vida a mundos imersivos nos extremos do nosso sistema solar, mostrando também a fragilidade do nosso próprio planeta. Os espectadores terão a oportunidade de se encontrarem perdidos, flutuando juntos pelo cosmos. O filme chega após o sucesso de Fistful of Stars de McNitt, um filme VR que estreou no SXSW, também equipado com tecnologia Intel.

Além disso, a Intel anunciou outra parceria com Winslow Porter e Mileca Zec para melhorar o filme Tree, que envolve os espectadores em uma majestosa floresta tropical onde os braços das pessoas tornam-se galhos e o corpo, um tronco. A experiência altamente imersiva captura o crescimento (da semente até a árvore) em sua forma mais completa, resultando na oportunidade única de testemunhar o destino da floresta tropical em primeira mão. Até agora, Tree foi oficialmente selecionado para o Sundance Film Festival New Frontier e para o Tribeca Film Festival Immersive 2017, onde fará sua estreia.

Em parceria com o CyberPowerPC, 26 sistemas VR equipados com a 7ª Geração dos processadores Intel Core i7 estarão disponíveis para a série de workshops de aprendizagem na VRLA School. Isso inclui equipar o primeiro projeto VR criado pelos membros do Big Brothers Big Sisters and Girls Who Code. Além dos workshops práticos, o estande da Intel realizou sessões de conversação que exploram a interseção do entretenimento com a tecnologia.

As experiências VR e de realidade combinada sonhadas pelos criadores requerem um imenso poderio computacional, novas tecnologias de sensores e captura tanto no PC, quanto na nuvem, além de imensas quantidades de fluxo de dados. Graças à rica experiência, robusto portfólio de capacidades tecnológicas e relacionamento da Intel com desenvolvedores, criadores de conteúdo e líderes da indústria de todo o mundo, a empresa possui os recursos e uma influência irrefutável para cumprir a promessa e possibilitar a VR e a realidade combinada por meio de novos produtos, s

Intel partners with Winslow Porter and Mileca Zec to enhance their film “Tree.” Announced at VRLA on Friday, April 14, 2017, the highly immersive experience captures the growth (from seeding to tree) at its fullest form, resulting in the unique opportunity to witness the fate of the rain forest firsthand.” (Credit: Winslow Porter/Mileca Zec via Intel Corporation)
At VRLA on Friday, April 14, 2017, Intel announcs its partnership with Winslow Porter and Mileca Zec to enhance their film “Tree,” immersing audiences in a majestic rain forest where a viewer’s arms become the branches and body becomes a trunk. (Credit: Winslow Porter/Mileca Zec via Intel Corporation)

egmentos de mercado e experiências incríveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *