NVIDIA inaugura nova era da robótica com inovações que facilitam o trabalho de construção e formação de máquinas inteligentes

O simulador de robôs Isaac permite o treinamento em condições simuladas antes da implantação no mundo real, e as plataformas de referência baseadas em Jetson admitem tempos de design mais rápidos

A NVIDIA inaugura uma nova era do setor de robótica, introduzindo inovações que simplificam radicalmente o trabalho de construção e formação de máquinas inteligentes.

Na abertura da oitava conferência anual GPU Technology Conference, o CEO e fundador da NVIDIA, Jensen Huang, introduziu o simulador de robôs Isaac™ da NVIDIA, que usa tecnologias sofisticadas de videogame e de gráficos para treinar máquinas inteligentes em condições simuladas do mundo real antes que elas sejam implantadas. A empresa também apresentou um conjunto de plataformas de design de referência de robôs que agilizam a construção dessas máquinas usando a plataforma Jetson™ da NVIDIA.

"Os robôs baseados em inteligência artificial representam uma promessa incrível de melhorar nossas vidas, mas construir e treiná-los são desafios significativos", diz Huang. "A NVIDIA está agora revolucionando o setor da robótica ao aplicar nossa profunda experiência em simular o mundo real para que os robôs possam ser treinados com mais precisão, segurança e rapidez".

Na GTC, mais de 50 empresas de todo o mundo exibiram robôs capazes de uma enorme variedade de habilidades, todas elas incorporando a plataforma NVIDIA Jetson, que permite o processamento rápido e eficiente de dados complexos em dispositivos de ponta. Eles são capazes de lidar com tarefas críticas como busca e resgate, apoio a idosos e automação industrial de tarefas tediosas ou potencialmente perigosas.

Treinamento avançado e testes com robôs NVIDIA Isaac
Antes da implantação, os robôs devem ser extensivamente treinados e testados. Com protótipos físicos, isso pode ser caro e pouco prático. Criar o ambiente completo com o qual um robô interagirá pode ser perigoso ou muito complexo. Modelar todas as interações possíveis entre um robô e o seu ambiente pode ser muito demorado.

O simulador de robôs Isaac avança essas tarefas, fornecendo uma plataforma de software baseado em AI que permite às equipes treinar robôs em ambientes virtuais altamente realistas e, em seguida, transferir esse conhecimento para unidades do mundo real.

O NVIDIA Isaac usa o Unreal Engine 4, o avançado pacote de ferramentas de desenvolvimento da Epic Games para simulação de alta fidelidade e processamento avançado em tempo real. Trabalhando dentro desse ambiente virtual, os desenvolvedores podem criar cenários de teste extensivos usando treinamento de deep learning e, em seguida, simular em minutos o que levaria meses para executar.

Depois que uma simulação é concluída de modo satisfatório, as informações podem ser rapidamente transferidas para robôs do mundo real. Os desenvolvedores podem então iterar e ajustar a metodologia dos testes com o robô, compartilhando a inteligência entre os dois ambientes. Como as simulações no Isaac são altamente realistas e podem ser executadas rapidamente, são necessários menos ajustes no produto final comparado ao desenvolvimento tradicional.

As plataformas de referência Jetson facilitam o treinamento
Para acelerar o desenvolvimento da robótica avançada no Jetson, os parceiros da NVIDIA estão lançando plataformas de referência de código aberto para drones, robôs sobre rodas e outros dispositivos. Essas plataformas fornecem blocos de construção para os desenvolvedores criarem facilmente protótipos, ajudando a reduzir o tempo e o dinheiro necessários para construir robôs a partir do zero.

Entre as empresas lançando plataformas de referência do Jetson estão a Toyota, para robôs de auxílio às pessoas; a Teal, para drones de consumo; a Enroute, para drones industriais, veículos aquáticos e veículos terrestres não tripulados; e várias universidades, para modelos em escala de carros autônomos.

O Jetson é adotado em diversos setores
Entre as empresas da GTC que usam o Jetson estão a Fellow, para robôs industriais; a Starship, a Marble e a Dispatch.AI, para robôs de entrega; a Enroute e a Aerialtronics, para drones de busca e resgate; a Toyota, para robôs de auxílio a pessoas; e a FIRST, para programas de robótica de ensino médio.

Sobre a NVIDIA
A NVIDIA (NASDAQ: NVDA) é a empresa de computação de Inteligência Artificial. Ao inventar a placa de vídeo em 1999, desencadeou o crescimento do mercado de games para PC, redefiniu os gráficos de computadores modernos e revolucionou a computação paralela. Mais recentemente, o aprendizado profundo com base em placa de vídeo deu início à inteligência artificial moderna — a próxima era da computação — com a placa de vídeo atuando como o cérebro dos computadores, robôs e carros autônomos que podem perceber e compreender o mundo. Mais informações no site http://www.nvidia.com.br/object/newsroom-br.html.

Acesse também:
Site oficial da NVIDIA no Brasil: www.nvidia.com.br
NVIDIA no Facebook: NVIDIA Brasil
NVIDIA no Twitter: @nvidiabrasil
NVIDIA no Instagram: @nvidiabrasil

Informações para a Imprensa:
Sing Comunicação de Resultados
André Forte, Janaína Leme, Tatiane Dantas, Vânia Gracio e Melissa Sayon
[email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *